Notícias

Confinamento do gado é atrasado no Mato Grosso por excesso de animais

Manter os animais no pasto tem sido alternativa para não ter prejuízo. Greve dos caminhoneiros e frio em maio contribuíram para desvalorização.

As frequentes quedas na arroba do boi gordo foram bastante sentidas na fazenda do pecuarista José Delcaro, que fica em Tangará da Serra, no oeste de Mato Grosso.

"Hoje o boi está 130 reais a arroba. Em 2015 eu vendi a R$ 146 a arroba. Após três anos nós perdemos 10%", diz o pecuarista.

Manter os animais no pasto foi a alternativa que o pecuarista encontrou para não ter mais prejuízos. Ele confina cerca de três mil animais por ano, adiou o começo do confinamento em quase quarenta dias. Ele quer esperar que o preço da arroba do boi melhore e também, que os custos com a ração, diminuam.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

Fonte: Globo Rural/ Notícias Agrícolas

Área restrita

Entre em contato

Receber newsletter


Copyright 2013 Coan Consultoria